top of page
  • Flavio Pimentel

Para elaborar uma melhor experiência do colaborador, colete os dados corretos

Todo mundo quer respostas rápidas e eficientes, que durem muito. Mas usualmente somente implementam processos que buscam agilidade, pois o conteúdo é raso o suficiente para justificar uma resposta rápida apenas.


 

Employee Experience

Confira abaixo como coletar os dados corretos pode fazer toda a diferença!


01 Lideranças precisam entender o que funciona e o que não funciona para os colaboradores, o que pode ser mais complicado do que parece.


02  Muitos executivos definem políticas de retorno ao escritório sem dados relevantes, baseando-se em "achismos" e superficialidade.


03 Políticas baseadas em pesquisas rasas resultam em respostas confusas e superficiais, seguindo o modelo "tamanho único serve para ninguém”.


04 As empresas muitas vezes não aplicam o mesmo nível de análise detalhada que usam para entender seus clientes no entendimento interno.


05 A primeira ação é coletar dados de forma séria e diversificada para criar uma história ao longo do tempo, evitando viés que pode prejudicar as ações.


06 A segunda ação é interpretar os dados de forma cuidadosa, utilizando técnicas como agrupamento de informações, definição de personas e associação de dados aos pontos de contato para compreender o impacto do ambiente e dos recursos.



Essas práticas são geralmente parcialmente implementadas ou apenas temporárias, pois muitas empresas buscam respostas rápidas em vez de investir em processos mais robustos de coleta e interpretação de dados.






Comentários


bottom of page